Quarta Nobre discute o ”Registro da Marca”

No dia 27 de abril de 2016, o CRECI recebeu o diretor das empresas Remarca e Cmarcas, Dr. Carlos De Lena, onde foi discutido a importância do Registro da Marca.

Você já pensou em registrar uma marca? Se a resposta foi não, talvez seja a hora de repensar um assunto que ganha cada vez mais espaço na nossa sociedade, principalmente porque a internet nos leva ao mundo inteiro sem sairmos de casa.

Um corretor de imóveis que trabalha apenas no bairro onde mora, pode anunciar e negociar casas, apartamentos e lotes com clientes em qualquer parte do planeta. É nessa hora que registrar seu nome ou de sua imobiliária pode garantir um futuro sem dores de cabeça.

A Quarta Nobre, 27 de abril, discutiu a ”Importância do Registro da Marca”, enfatizando que essa é uma ferramenta de proteção quanto à concorrência desleal e um caminho para fazer valer os nossos direitos.

O palestrante e advogado especializado em Propriedade Industrial e Intelectual, Carlos de Lena, falou sobre os primeiros corretores de imóveis que perceberam, décadas atrás, a real dimensão de se preservar um nome comercial que um dia poderia ser visto como ‘grife’. ” E foi o que aconteceu em 1969. O corretor Júlio Borgoricin, que era um visionário, registrou seu nome como marca. E hoje vimos que ele tinha razão, sua marca é hoje reconhecida como uma grande imobiliária. Em 1973 foi a Lopes. Na década de 80, Camargo Correa, Leardi, Camargo Dias, também seguiram o mesmo caminho e hoje são o que são”, afirmou.

O advogado disse que muitos profissionais do mercado imobiliário não fazem o registro por causa dos custos. O que para Lena, não justifica, já que uma assessoria cobra em média R$50,00 por mês de cada cliente.

”Alegar a não necessidade do registro é um erro. Amanhã, seu nome pode ganhar dimensões comerciais, aparecer em matérias de jornal, se viralizar e você não patenteou, o que acontece? É nessa hora que as pessoas se arrependem, mas pode ser tarde demais”, alertou Lena.

O registro da marca é um investimento que proporciona tranquilidade. Você nunca vai saber de antemão se um dia vai ganhar notoriedade. Se isso acontecer e você estiver protegido, ótimo. Se fizer sucesso e não tiver o registro da marca, outro poderá sair na frente, usar seu nome ou da sua empresa e registrar antes de você.

Para o advogado, o trabalho dos profissionais do mercado imobiliário é tão importante que deve ser valorizado e protegido ao máximo. ”O colibri é o símbolo do corretor. Ele colabora no eterno ciclo da natureza e o corretor de imóveis ajuda no desenvolvimento da sociedade. Tem que ser preservado”, concluiu.

Para saber mais sobre o Registro de Marcas e Patentes, entre em contato com a Cmarcas.

Desenho sem título

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s